<

terça-feira, 5 de Agosto de 2008

QUEM É? QUEM É?


Até rima!

SINAIS DOS TEMPOS

Companheiros:
Dado que pertenci a uma geração de cultores do Fado de Coimbra que foi acusada de inquinar a tradição por abuso do intervencionismo ideológico e não sendo eu um fundamentalista das tradições coimbrãs, decidi enviar-vos este cartaz que descobri espalhado pelos expositores da Figueira da Foz, quando fazia o meu passeio matinal à beira mar.
Certamente que dará para nos apercebermos dos sinais dos tempos...
Rui Pato

Etiquetas: ,

FECHARAM O BUEIRO!!!


Lá se foi a baliza do hóquei!

VEJAM LÁ...


... o que ensinam às crianças no Portugal dos Pequenitos. Que maldade!

BOA! TANTOS! MIRA (30AGO)

Cá vai crescendo a fome... pró dia 30.

01 - Luís GIM (2)
03- Álvaro Apache (2)
05 - Rui Pato (1, mas com viola e estetoscópio)
06 - Rui Felicio ( 1 ? )
07 - Jorge Pombalinho (1)
08 - João José (2)
1o - Tó Melo e Silva (1 ?)
11 - JóJó (2 )
13 - Alfredo (2)
15 - Abílio Soares (2)
17 - Helena Parreiral (2)
19 - Palaio (1)
20 - Jorge Madeira (1)
21 - Fernando Beja (1)
22 - JuJu (1).

Nota : Só se esperam marcações...toca a inscrever. As meninas e os meninos podem vir sós ou acompanhados..... Todos podem vir acompanhados com menores de 55 anos

Etiquetas: ,

segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

EFEMERIDES DOS CAVALINHOS - Toninho Ramos

FELIZ ANIVERSÁRIO
05 de Agosto
1944-2008

O Blog do Cavalinho Selvagem,
deseja-lhe muitos parabéns, muitas felicidades e muitos anos de vida.

Etiquetas:

VASCO E NELA

Casamento do Vasco e da Nela em Coimbra no dia 21 de Março de 1970!!!

Por Terras de Afife

Aceitando o desafio do Gim, cá estou eu a apresentar Afife no Alto Minho litoral.
Afife é uma freguesia composta por muito lugares e fica a uns 8 kms a norte de Viana do Castelo e já muito perto de Vila Praia de Ancora.
Local onde ha ja muitos anos costumo a passar uma semana na Pascoa e por vezes no verão passo uns diazitos. Como desta vez...claro.
Tradições.
O Casino de Afife
Dia de Feira em Cerveira
Caminho da Praia de Carreço
A minha rica casinhaPraia da Gelfa com o Forte ao longe.

De Alvaro Apache

Confraria dos Gastrónomos de Lafões

Parece que o GIM gostava de ser entronizado. Como ele gosta de Cabrito e de Vitela, já é meio caminho andado. Como anda de ferias lá por aquelas terras, tambem tem de treinar no vinhito de Lafões.
Já foi tirar o modelo do Traje
Traje: É composto de capa de fundo azul, com gola e punhos em fundo cinzentos. Chapéu cinzento de aba larga com fita azul.
Insígnia: Colar nas cores vermelha e amarela, que sustentam uma medalha que tem gravado o brasão do Concelho de Lafões e no verso os brasões dos três Concelhos que constituem a região - Vouzela, S. Pedro do Sul e Oliveira de Frades.
No entanto anda a ensaiar os bons propositos e a estudar a licção.
- Confraria dos Gastrónomos de Lafões
- Propósitos: Defesa e divulgação de receitas tradicionais.
- Fundação: 20 de Dezembro de 1996
- Filiada na Federação Nacional das Confrarias da Gastronomia Portuguesa.
- Insigniação/Capítulo: 20 de Dezembro ou no fim de semana mais próximo desta data.
- Patrono: S. Frei Gil, Santo natural de Vouzela

FÉRIAS EM LAFÕES


Estou quase a transformar o Cavalo Selvagem num blogue pessoal, mas ninguém manda nada... Olhem, que se lixe!

Hoje fui à feira de Oliveira de Frades. Felizmente que a ASAE não sabe onde isso fica.
Oliveira de Frades é um dos 3 concelhos da região de Lafões. É a sede da Casa da Académica em Lafões como já se viu, se estiveram atentos, e da MARTIFER, líder europeia de metalo-mecânica.

Ajudou, por exemplo, a reconstruir o Municipal de Coimbra ( e já não estou assim tão longe do blogue como isso).

Os outros dois concelhos de Lafões são Vouzela e S. Pedro do Sul.

Vouzela é, sem dúvida, o mais bonito, o mais emblemático, mas, simultaneamente, o menos interessante do ponto de vista económico.

S. Pedro do Sul já teve os seus dias, está em decadência, apesar dos valentes esforços e investimentos feitos nas Termas.

A Parque EXPO, onde trabalhei, tinha um meritório plano de recuperação da zona ribeirinha do rio Vouga, mas acho que foi tudo pelo rio abaixo.

Resta Oliveira de Frades. Apesar dos seus recantos magníficos, é um concelho arquitectonicamente reles e com um (des)ordenamento urbano underdog. Resta-lhe a pujança económico-industrial.

Além de sede da MARTIFER, paredes-meias com Pinheiro de Lafões, pois então, tem outras valências que não são de menosprezar. Madeiras, sei lá...

Lembrei-me agora, de repente, que o pessoal podia fazer pequenas resenhas dos locais onde está a passar férias, sobretudo se são locais familiares...

Bute?

PS1 - Estou disponível para levar lembranças daqui. É só pedir! Alguém se arrisca?
PS2 - Digam lá que a foto não é apetitosa?

Gim

Etiquetas:

CASA DA ACADÉMICA EM LAFÕES

Párem lá de gozar, seus lagartos, dragões e lampiões! Seus...

Há, sim, uma Casa da Académica em Lafões, com sede em Oliveira de Frades, e, como podem testemunhar, tem, pelo menos, 37 agremiados, o que não quer dizer que todos paguem as quotas!!!

Etiquetas:

Para onde caminhamos

Não há necessidade de se ser intolerante
A vida não é tão longa como gostaríamos, pois uma coisa é a idade cronológica e outra é a idade mental.
Seremos jovens quando mantemos as capacidades e as apetências por aprender, adquirir novos hábitos e tolerar contradições, para além doutras coisas....
Duma lembrança do piolhoso Ze do Telhado
No Velho Apache

A BELEZA DAS CAMBOJANAS!


O Ze Oliveira que anda lá pelos Cambodjas

Quando se fala em turismo sexual, um flagêlo dos tempos modernos, os jornais citam com frequência a Tailândia e o Camboja!
Nesses dois paises, esse crime é agora punido severamente! Hà evolução na repressão! Tanto melhor!
Nesta foto, uma homenagem à beleza da mulher cambojana.Estes são os trajes tipicos das bailarinas do Teatro Sovanna Phum em Phnom Penh. As danças relatam cenas rurais de tradições milenàrias.
Aqui as mulheres são tão fininhas e doces que me fazem lembrar as famosas enguias do Valentim de S.João do Campo!!!
De Jose Oliveira

domingo, 3 de Agosto de 2008

JÁ SÓ PENSO NA PRAIA DE MIRA - 30AGO

Mas antes disso ainda tenho de ir a Antelas, a mando do Apache, e ao Portugal dos Pequenitos, a mando do coração!

Etiquetas: ,

E ESTA, HEM???

Paulo Gaspar

Convidamos ou não ???


Hà lugar para eles no MIRASOL?

Eles adoram o Arroz mas desconhecem o nosso Arroz de Pato, o Arroz de Polvo, o Arroz de Cabidela ou mesmo o Arroz Doce!
Levam uma vida regrada onde não hà sequer espaço para uma Caldeirada!!
Se quiserem vir ao CAMBOJA, eu organizo uma viagem em 2009!
De J.Oliveira

YES! YES! YES! - 30AGO (MIRA)


Quer queiram quer não, vai haver mesmo Almoço em Mira e quer chova ou faça sol.


O Gim lançou a ideia e o resto do pessoal abraçou-a logo.
O Pombalinho foi ja tratar da encomenda. Falou com o Sr. ZE do Mirasol e combinou uma Big Caldeirada à maneira.O local será ao fundo da Barrinha onde poderemos estar todos à vontade.O Jójó já poderá levar as mantas.
Será servido pelo staff do MiraSol.
No caso de o tempo não querer ajudar, o almoço será servido mesmo no MiraSol.
A ideia foi aceite e agora é so indicar ao Sr. Zé, quantas pessoas lá irão aparecer para papar a caldeirada.
O Pombalinho só porque enjoa peixe, leva logo um leitão só por causa das tosses. Diz que é para ele e para o Rafael ( eles lá sabe porquê).
Os interessados poderão já começar a fazer a inscrição atraves do mail . cavalinhoselvagem@gmail.com ou pelos Tlms - Alvaro 918553035 Gim 918708969 Felicio 967476036

NOTA: Podem-se levar acompanhantes e menores de 55 anos

Etiquetas: ,

CAVALEIRO ANDANTE


Este é um dos exemplares que a D. Rosa guardava prá gente. Este número é de 1958.

sábado, 2 de Agosto de 2008

Zeca Afonso - 2 de Agosto


José Afonso nasceu a 2 de Agosto de 1929.

Já lá vão 79 anos. Já 79 anos.

Seria uma omissão grave não se recordar aqui o Zeca Afonso, no blogue onde participa Rui Pato um dos seus grandes companheiros e acompanhante.

Etiquetas:

CONFIRMADO: ALMOÇO EM MIRA A 30 DE AGOSTO

O Movimento Independentista pro Almoço em Mira, já está em marcha.
Ha quem prefira uma boa sardinhada com broa de milho da Gandara, uma pinga da Bairrada e umas azeitonas do Maçarico.
Quem optar pela dieta, come uns caranguejos, uns burries ou enguias da Gafanha da Nazare e pão azimo.
O Pombalinho pode ajudar, arranjando pessoal para tratar destas coisas lá em Fonte de Angião, que é bem pertinho de Mira.
Para alguns...ate 30 de Agosto
Alvaro Apache

Etiquetas:

MAIS UMA RONDA DE CALOIROS

Numa latada com o "Dr. Casais"
Antes de ir de férias não quis deixar de mostrar a foto deste pessoal do bairro.
Foto tirada na latada de Ciencias , em 1965 ( 43 anos atrás!). Os amigos nela mostrados são por todos conhecidos e portanto, não vale a pena referir os seus nomes.
Gostava de rever estes ( e os outros todos) amigos, mas já cheguei tarde para o almoço de Outubro! Azar o meu.
Até breve.
Nini Adão, Rui Pato, Alberto Casais, Pedro Sousa Dias, João Jose e Zeca Gomes

De Alberto Casais

Etiquetas:

DÊ DINAMISMO AO BLOGUE

Entretenham-se

Etiquetas:

PINHEIRO DE LAFÕES - ANTELAS

O Gim foi para Pinheiro de Lafões passar umas férias, mas continua a investigar. Mandou-me agora tomar nota do Dólmen de Antelas para mandar fazer uma réplica no Cavalo Selvagem.

O Dólmen de Antelas

Um sepulcro-templo do Neolítico final



Localização da estação na Península Ibérica.

O Dólmen de Antelas situa-se na freguesia de Pinheiro de Lafões, concelho de Oliveira de Frades, distrito de Viseu. É monumento nacional (Dec.-Lei n. 29/90, "Diário da República", I série, de 17 de Julho de 1990). Foi alvo, nestes últimos três anos, de trabalhos de escavação arqueológica, consolidação e restauro, no âmbito de um projecto promovido pelo Instituto Português do Património Arqueológico e Arquitectónico, Câmara Municipal de Oliveira de Frades e Instituto de Arqueologia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Aspectos relacionados com o arranjo da área envolvente, sinalização dos acessos, publicação dos resultados científicos, etc., serão concluídos brevemente.
O dólmen de Antelas, guardião de relíquias, centro cerimonial aglutinador dos esforços e interesses da sociedade -- tal como a generalidade dos monumentos megalíticos, particularmente os de grandes dimensões --, constitui-se como um autêntico sepulcro-templo.

AGORA É QUE SÃO ELAS

Esta foto foi tirada no dia 07 de Julho de 1953 e parece-me ser na famosa escola dos Combatentes.

Reconheço o prof. Franco e a D. Ana (ou será a D. Julieta?) e o meu irmão Mário. Mais ninguém, a não ser o caixa d'óculos frente à D. Ana (ou D. Julieta?) que me parece ser o Tomané Quaresma. Será? Ele que se queixe...

E agora a um nível mais baixo: já repararam nas meias brancas?

EQUIPAS DE FUTEBOL DO BAIRRO

O Cavalo Selvagem foi uma grande escola para muitos jovens do nosso bairro.
Aguias da Briosa - Quinta da Cheira
O grupo de rapazes do Bairro/Quinta da Cheira, que também jogava no "Águias da Briosa", deve ter sido constituído no momento para fazer face a este jogo. Daí a razão de apenas ter nove jogadores. Nem sempre jogávamos onze contra onze.
Não se deixava de jogar por falta de "mão de obra" ! O jogo realizou-se no campo do Colégio Luis de Camões, na Cumeada, e o adversário era uma equipa de seminaristas do seminário de Coimbra.
A equipa, da esquerda para a direita e de cima para baixo:
Miro Polónio, Tó João, João Polónio, Gilberto Duvens, PedroMartins, Raul Carneirinha, Mario Busano, Antonio Machado e Armando Rovira.
Esta fotografia retrata um acontecimento que deve ter perto de 50 anos.

Lusitano - Calhabé
Este foi um dos clubes que se faziam e desfaziam rapidamente naquela época. Chamava-se Lusitano. O "patrão" era o Ramiro Santiago que foi arbitro Nacional Federado . O pessoal era do Bairro/Quinta da Cheira.
Este fotografia reporta um jogo feito na Barreira (Condeixa) talvez em 1962 ou 1963. Não me lembro do resultado. Parece-me que ganhámos. O que me recordo bem é que, no intervalo do jogo, os jogadores da Barreira foram direitinhos a um tasco confinante com o campo e refrescaram-se com uns "lisos" de tinto! Alguns dos nós, que praticávamos o futebol federado e, portanto, com outra disciplina e organização, ficámos de boca aberta a assistir a esta cena.

A equipa, da esquerda para a direita e de cima para baixo:
Ramiro santiago, Homero, Tó João, Mario Nicolau, Ze Lopes,João Polónio, Ze Manel Teixeira
Ze Carlos Martins, PedroMartins, Mario Busano, Antonio Machado e Armando Rovira.

CULTRED - Cultura, Recreio e Desporto

Andamos aí pelo ano de 1963 quando foi fundado este clube. Tinha a sede na loja dum prédio do Sr. Chieira, na Rua Dr. Daniel de Matos. Terá sido o seu filho, Lino Chieira, um dos promotores da iniciativa que integrava, entre outros, o Carlos Viana e o Zeca Simões. Passava-se por lá alguma música e bebia-se "Teobar" fresco.
Em Julho de 1963 o grupo deslocou-se a Poutena (Anadia), terra da família Chieira, para defrontar o clube local. Levámos uns equipamentos que o Lino cravou no basquete da Académica. Fomos tratados com boa comida e melhor bebida. Do jogo, é pobre a recordação: levámos 7-0. O pessoal do Cultred estava muito "cansado", os tipos da Poutena passavam por nós como foguetes em dia de festa !

Os "artistas", da esquerda para a direita e de cima para baixo:
Zeca Simões, Zé Carlos Martins, Fausto, Vasconcelos, Murta, Pedro Martins, Antonio Machado, Pedro Gama, Carlos Caldeira, Viana, Mário Busano, Lino Chieira, Armando Rovira e
Esteves.

Que saudades
Cortesia de Pedro Martins e do seu Blogue

QUEM ESCREVEU A QUEM?


Querido amiguinho:

No dia dos teus anos, envio-te muitos parabéns, desejando que passes um dia muito alegre e feliz junto dos teus entes queridos.

Com muitos abraços de Parabéns da tua querida amiguinha,

Nélita

Salvé 17/7/1958

BAMUS À BARRINHA!!!

Foto de 1958.

Etiquetas:

ESCOLA DO PROF. FRANCO


Quem seriam o Simões e o Tó?

UMA DOENÇA VELHA PELA BRIOSA!!!


Etiquetas:

A FELICIDADE DE UM NETO EM 1955




NA PONTE DA PORTELA

Um dia de Verão passado no rio, à Portela, onde esta malta aprendeu a nadar, na "bola". O barco é do Saraiva da Portela que o emprestava à rapaziada. Era assim que se passava o nosso tempo de férias naquela época. Esta imagem deve reportar aí por 1958/1960.

Armando Rovira, João Polónio, Pedro Martins, Miro Polónio e Duarte.

Cortesia de Pedro Martins

STRONGIROS

Para que haja "alguma" verdade;
Para que o(s) historiadores, historiem (é assim que se diz?);
A taça que se lixe, aí vai a placa indicativa.
Quem ganhou aquela taça, foram uns rapazes de camisola cor de laranja, com 5 botões, à "pedreiro".
Jorge Carvalho (Jó)

O Carnaval e seus mascarados

Carnaval na Quinta da Cheira
As relações de boa vizinhança permitiam que os meninos e as meninas se divertissem.
A Lidia francesa como mais velhinha lá equipou os mais pequeninos que se aprumaram muito bem para a fotografia.
Miro Polónio, Irmã do Betinho, Betinho, Lidia (francesa), Álvaro Ferreira e Graça Fachada.
Cortesia de Pedro Martins

Etiquetas:

sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

OS ENCAPUZADOS


( Adaptado de um conto irlandês )
Era uma vez um camponês que tinha um cavalo por quem nutria uma enorme amizade, chamando-lhe carinhosamenteCavalo Selvagem”. Sabe-se lá porque é que assim o tratava... De facto o animal era dócil, muito inteligente e bem comportado, não evidenciando a razão de ser do apelido “selvagem” que o dono lhe atribuiu. Mas isso pouco importa para a história... Um dia, inadvertidamente, o cavalo caiu a um poço seco e o dono, aflito, tentou de todas as formas encontrar o meio de o salvar. Depois de variadas tentativas, utilizando cordas e paus sem conseguir trazer o animal para fora do poço, resolveu deslocar-se à aldeia mais próxima para pedir ajuda.
Neste meio tempo, aproximaram-se do poço uns encapuçados que tinham estado escondidos a ver a cena. Como odiavam o Cavalo Selvagem, pensaram pôr-lhe fim à vida e soterrá-lo no fundo do poço, atirando sucessivas pasadas de terra para cima do assustado animal. O Cavalo Selvagem, inteligente como era, transformou a aflição em salvação. A cada pasada de terra que os encapuzados lhe mandavam para cima, sacudia-se e a terra assentava no fundo. Libertava as patas da terra que se ia acumulando e colocava-se em cima dela. A pouco e pouco o fundo do poço ia subindo e, consequentemente, o cavalo também, sem que os encapuçados se apercebessem que quanto mais terra lhe atiravam mais o cavalo subia. Quando ao fim de um tempo chegou o dono com a ajuda que tinha ido procurar, já o Cavalo Selvagem estava livre, feliz e fora do poço, graças à estupidez dos encapuzados que acabaram por fugir sem perceberem ainda muito bem o que se tinha passado.

Do Rui Felicio

01-08-2008

Etiquetas:

Conta-me como foi

Parece de propósito que a RTP está a passar esta série em horário nobre (em repetição, não se sabendo se a emissão original chegou ao último episódio...).
Ela tem tudo a ver com o espírito deste Encontro de Gerações, recordando-nos, através do quotidiano de uma família suburbana da capital, o Portugal da nossa juventude, cinzento, atrasado, perconceituoso, tudo embalado na ditadura de Salazar e Caetano.
Às vezes, levados por perconceitos estéticos ou outros, olhamos para estes produtos com desconfiança, o que, no caso em apreço, é uma injustiça - é um trabalho limpo, históricamente fiel, e bem interpretado. E estão lá muitas das memórias já aqui evocadas.
Quem tenha curiosidade, encontra os episódios em http://ww1.rtp.pt/wportal/sites/tv/conta_me/index.php.
Do LinoZé

O ANTES E O AGORA - ALBERTO PALAIO



Alberto Palaio quando estudante liceal e recentemente no jantar da Ericeira.
Esperamos por ele no Grande Encontro.

Etiquetas: ,

A BANHOS NO MEKONG!


O nosso BobbyZé, como se documenta, está a banhos em Mekong, seja lá onde isso fôr!
Diz que está no Paraíso, no reino do Cambodja!
Fica muito mais barato do que ir para a Figueira ou para o Algarve!!!!!
Se ele o diz... quem somos nós???
Será que ele come um bife com ovo a cavalo e batatas fritas?

Etiquetas:

EDIÇÃO DA TABACARIA CELESTE - E ESTA?

Vocês só me fazem entrar em despesas!!! Estava eu sossegado em férias em Lafões, a saborear uma esplêndida vitela com arroz de carqueja e um belo tinto alentejano, quando se me deparou este postal do Serginho de 1965 (a propósito, alguém se comprometeu a encontrá-lo! Qué dele?).
É claro que tive de ir a correr a Aveiro comprar um scanner para o colocar aqui para deleite de todos nós.
Espero ser recompensado na comezaina da Praia de Mira no dia 30 de Agosto (valor do scanner, gasolina, desgaste da viatura e do condutor, café na estação de serviço, que é mais caro!).
Que rua é esta?
Eu e o João, que instalou o scanner, e o Mário, a convalescer num hospital em Évora, dedicamos este post à D. Rosa, fiel e leal depositária de muitos dos nossos sonhos de criança. Ainda guardamos muitos "Cavaleiro Andante", "Mundo de Aventuras", "Diabrete"...

"D. Rosa, agora queria um pacote de Kleenex, se faz favor".

Muito obrigado!

Mário, Gim (Luís), João

Etiquetas:

Por vezes havia que tomar conta das ocorrências


Ca está uma foto tirada não sei aonde, mas o Palaio e o Fernando Pêras lá estavam.
Quem serão estas meninas? Lembramo-nos delas mas dos nomes nem por isso.
Olhem para a pose do pessoal e como colocavam os pesinhos marotos.

As Ferias eram assim....

Uma trupe do Bairro a passar ferias na Nazare. Alem do Branquinho, do Felicio e do Kim Reis, quem serão os outros?
O Felicio fez um post desta passagem pela Nazare e em que atribulações não faltaram.
Aqui vemos o Nando e o Palaio numa esplanada da marginal da Figueira da Foz a apreciar a passagem das turistas.

Referer.org