<

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Figuras de COIMBRA - Dr. Gonçalves Isabelinha


O Dr. Joaquim Gonçalves Isabelinha faz 100 anos de idade no dia 05 de Dezembro
O Dr. Isabelinha nasceu em Almeirim a 5 de Dezembro de 1908 tendo frequentado o Liceu de Santarém, onde jogou na Académica de Santarém. Terminado o Liceu, foi estudar Medicina para Coimbra nos anos 30, ao mesmo tempo que jogava na Briosa onde ficaria uma lenda, terminando o Curso em 1938. Falhou a final da primeira Taça Portugal que houve em jogo e a Briosa ganhou. Foi aluno de mestres como Maximino Correia, Morais Zamith, Bissaya Barreto, Elísio de Moura, entre muitos outros.
O Dr. Isabelinha tirou a especialidade de Oftalmologia e durante muitos anos exerceu a actividade em Santarém, no Largo Sá da Bandeira, onde ainda hoje vive. Destacando-se por ser um "médico dos pobres", tinha sempre o consultório cheio e quem não tivesse possibilidade de pagar, o Dr. Isabelinha não cobrava. Fez milhares de consultas e operações grátis.
Quando se quer esclarecer qualquer assunto de Coimbra dos anos 30, é sempre o Dr. Isabelinha que se contacta, pois que com quase 100 anos, tem ainda uma memória invejável e lembra-se de tudo daquele tempo... foi também contemporâneo e amigo do Dr. Divaldo de Freitas (o Brasileiro que tirou Medicina em Coimbra e que no Brasil foi o principal activista da Associação dos Antigos Estudantes de Coimbra no Brasil). Trocaram correspondência até praticamente o Dr. Divaldo falecer em 2002 com 90 anos em S. Paulo.
O Dr. Isabelinha, além de ser o jogador mais antigo da Briosa vivo, é também uma lenda tanto de Santarém como de Coimbra, por isso,a 5 de Dezembro o BLOG do CAVALO SELVAGEM lhe prestará devida homenagem na sua festa secular.

in Guitarrasdecoimbra e santa margarida

Etiquetas:

14 Comentários:

Blogger Rui Pato disse...

É , de facto um exemplo como Homem e como Médico: Como Homem, cultivou sempre os valores da fraternidade e solidariedade, continuando a ser um apoio para muitos carenciados do seu distrito; como Médico, foi um competentíssimo oftalmologista, estimulou para essa área muitos jovens,e alguns dos seus familiares.
É merecedor da nossa homenagem.

1:34 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Apoiado!!!
Quito

3:57 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Caros companheiros

Tenho uma estima (apetecia-me dizer amor) incomensurável pelo Dr. Isabelinha.
Lidei de muito perto com ele e sempre que me é possível, procuro saber ou estar com ele.
É de uma afectividade, de uma honradez e de uma dignidade à prova de "bala".
Hoje, locomove-se com muita dificuldade, mas até há pouco tempo ainda tinha religiosamente guardado o seu "cantinho" na Belar, por baixo do seu consultório, onde todas as tardes confraterniza com a sua tertúlia.
Fiz questão que o Jorge Carvalho e a Gina o conhecessem pessoalmente.
Ficaram deliciados.
A primeira reacção do Dr. Isabelinha, foi tirar do bolso do casaco 2 cartões de sócio da nossa Briosa, com o nº 1.

Aproveito para vos dizer que o seu filho, também Oftalmologista e licenciado em Coimbra, é da mesma "cepa".

Grande Dr. Isabelinha. Grande HOMEM e grande médico.
É uma referência para Coimbra, para Santarém e para todos os que com ele lidaram ao longo da vida.

O saudoso Dr. Mendes Silva, dizia-me muitas vezes, que nunca tinha conhecido uma figura tão sedutora (e perceba-se o contexto em que o dizia)como o Dr. Isabelinha.

Saudações académicas

Tó Ferrão

4:13 da tarde  
Blogger Rui Felicio disse...

Mais que uma vez, quando ia à boleia, ou de comboio sem pagar, para ir a Lisboa ver a Académica, parei em Santarém, sendo sempre obrigatória uma visita ao Dr. Isabelinha que nos recebia de braços abertos.

4:23 da tarde  
Blogger Nela Curado disse...

O que vocês não sabem:
Joaquim Gonçalves, jogador dos anos 2O, avançado,de alcunha o ISABELINHA, dada pelos colegas, pelo seu fino trato, físico franzino. Educadíssimo até para com os adversários.
Da mesma época Corte Real, defesa, o CHARRUA, pelo estilo de "varrer" toda a a sua grande área.
Anos3O/4o José Maria Antunes, defesa, o ZÉ BARROTE, pela sua estatura e pontapé potentíssimo capaz de furar um muro. Tibério Antunes, guarda redes, O GALÃ, por em todos os jogos usar sempre uma camisola de cores vivas diferente, colarinho branco de fora, feitas propositadamente pela noiva.
Anos(30/40/50). o que mais anos jogou, António Curado, O TANK, por actuar mais `base de energia, levando "bola e adversário" à sua frente e por aì fora, todos com alcunhas postas a preceito.
Se quizerem algum em especial, perguntem, mas só até ao CAPITÃO, Mário Wilson e só os que tiveram a honra de envergar a camisola da ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA, fazendo dela um clube " sui generis"e diferente.

6:03 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Cara Nela

Deixa-me completar o teu delicioso texto.
O Zé Barrote, foi como sabes, médico em Fornos de Algodres e por lá morou e trabalhou até ao fim da sua vida.

Tinha um pontapé temível, porque além da potência, chutava de "bico".

Uma ocasião, no velho Santa Cruz, hoje rejuvenescido com "peruca verde", disputava-se o famoso derby contra os adversários "figadais" do União.

Penalty contra o União e quem se encarrega da marcação é o Zé Barrote.
O guarda-redes do União ao aperceber-se que é o nosso Zé Barrote quem vai encarregar-se da marcação, faz-lhe um manguito e diz alto e bom som:

...da-se! Na ultima vez que nos defrontámos ia ficando sem cabeça.
venha o suplente para a baliza, que eu não quero mais nada com este gajo.

Grande Zé Barrote. Sempre que ia em trabalho para a Guarda, "encostava" em Fornos de Algodres para falar com ele.

Saudações académicas e Viva a Briosa.

Tó Ferrão

6:27 da tarde  
Blogger Nela Curado disse...

Desculpem- me, não é com vaidade, mas com bastante orgulho que lhes vou contar o seguinte: Também a minha Mãe foi homenageada num grande jantar na Quinta das Lágrimas, onde lhe foi oferecido o emblema de ouro da Académica, por ser a sócia feminina mais antiga da Académica.Nesse mesmo jantar foi também homenageado o dr. Isabelinha, pela mesma razão.
O meu Pai estava presente e foi aquela festa...eram amigos desde jóvens. Parecia o nosso encontro de gerações.
Foi lindo e emotivo

6:29 da tarde  
Blogger Nela Curado disse...

Tó Ferrão, essa não sabia. Dei uma gargalhada ao imaginar a cena...
Sabes o que penso? Os homens daquela época eram mesmo doidos mas muito divertidos.Tinha um lá em casa e tenho muitas saudades dele. Nunca, ninguém, conseguia estar triste, com ele por perto.
Sei que teve uma vida PLENA de aventuras, sem medos,sempre de peito feito e sorriso maroto nos lábios.
.

6:41 da tarde  
Anonymous Manuela Dias disse...

O que sei do Dr.Isabelinha é o que a mãe da Nela Curado me conta, nas nossas longas conversas,como o desenrolar de um novelo feito de recordações, e que eu escuto com muito agrado.
Nela Dias

12:39 da manhã  
Anonymous mário pinheiro de almeida disse...

Ainda agora estive com o dr anjinho, itmão do nosso falecido presidente eng´jorge anjinho e, como não podia deixar de ser, o assunto veio à baile...este é manuel e genecologista aqui em évora...

1:10 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Amigos

Saudações!


Henrique Trindade de meu nome, posto como anónimo por não encontrar a password do Blogger. Desculpem!

De Lisboa, não conheci pessoalmente o Dr Joaquim Gonçalves.

Foi pelas conversas duma tia - igualmente oftalmologista, com consultórios em Lisboa e Leiria - que era sua amiga (e quem não seria?) que aprendi a conhecer e estimar esse grande homem.

Procuro agora saber onde é, exactamente, a festa em sua homenagem, e contactos para a certamente necessária inscrição.

Podem mandar-me a informação para victor-santos@clix.pt ?

Se for possível muito agradeço.


Henrique Trindade

11:36 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Caros amigos
Gostaria de deixar um convite a todos os amigos do Dr. Isabelinha No dia 08 de Dezembro vai ser realizado um almoço pelas 12.30 do CNEMA em santarem, homenagem ao homem ao medico e ao amigo Dr. Isabelinha.
Podem increver-se no turismo em santarem, almeirim, ou coimbra, custo do almoço 15 euros.
Apoios da C.M.Santarem, C.M Almeirm, C.M.Coimbra.
Apoio Bastonario ordem dos medicos, Reitor da Universidade de Coimbra entre outras entidades.
A todos os amigos do Dr. Isabelinha, compareçam.
Victor Farinha
Presidente da Associação Academica de Santarem

12:27 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Caros amigos e em particular Álvaro Santos e Rui Felício

Pois cá estou eu a dar-vos aquele abraço fraternal, depois de ler as notícias do blog e os comentários tão amigos e tão sentidos sobre o nosso querido Dr. Joaquim Isabelinha.
Permimtam-me apenas duas correcções;

O nosso jovem Isabelinha é um jogador da nossa Briosa, dos anos 30 e não 20. Nasce a 5 de Dezembro de 1908 e chega a Coimbra ainda com 21 anos, em 1930, poucos meses de fazer os seus 22 anos.
Depois, também não joga naquela memorável tarde 5 de Junho, de 1939, no canmpo das Salésias onde com os 4-3 ao Benfica, ganhámos a Taça de Portugal. Já estava a tirar a especialidade de Oftalmologia em Lisboa, no Instituto Câmara Pestana, por onde andou 3 anos, antes de voltar a Santarém.O último jogo que fez pela Briosa, foi a 23 de Maio de 1937. Estve no Campo das Salésias, sim, assisteindo ao jogo e comemorando depois, com os seus queridos companheiros.
Álvarito e Rui Felício, estou a escrever com o Rui Lopes, em Coimbra, a resenha biográfica, deste homem exemplar. Não há palavras. Vou enviar-vos para já o cartaz. Vamos encontrar-nos todos a 8 de Dezembro em Santarém. Eu como faço parte da comissão organizadora, com vários amigos, o Vitor Farinha que a malta elegeu com coordenador, já pôs um comentário oportuno.

Amigos venham.
Palavras para quê, se começamos a falar deste nosso amigo e a emoção começa a toldar-nos a vós ...

Bem Hajam


Manuel Marques Inácio

recebe-nos na Académicatenho lá passado

10:47 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Amigos


DESCULPEM.
O dedo falhou. Só agora verifiquei.

A Taça de Portugal, foi ganha a 25 de Junho de 1939 e não no dia 5.

A malta cantava, por Lisboa e por Coimbra:

São horas de emmalar a trouxa
Boa noite, tia Maria.
Que a Briosa ganhava a Taça,
Obrigado! Já se sabia!


Marcaram, Pimenta, Alberto Gomes e Alberto Carneiro (2). Resultado Académica 4- Benfica 3.

Abraço

M Marques Inácio

(Alvarito e Nuno Felício, já tenho os cartazes e os bilhetes. Terça levo-os para Coimbra. à noite estão no jantar da Casa da Académica em Lisboa. Malta, belo almoço. Alvarito diz come a ração das crianças, mas mandou o homem reforçar a dose!

Agora vou continuar a escrever a resenha biográfica (a minha parte),para distribuir o livrito no dia do almoço. A Câmara de Almeirim paga a impressão. O Rui Lopes, vai escrevendo de 1908 a 1936 - formatura -, eu, vou escrevendo para a frente.

7:13 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger

-->

Referer.org