<

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

"CAVALINHO SELVAGEM"

PEDRO SARMENTO


Pedro Sarmento é natural de Seia, tendo vivido desde tenra idade em Coimbra, onde passou toda a sua infância e juventude. Mais tarde passou pelos Açores, Figueira da Foz, Lisboa e em 1985 regressa a Coimbra onde esteve até 1988 altura em que se radica na Maia onde casou e onde ainda hoje vive com a sua mulher e os filhos.
Foi aqui que criou a paixão pelas artes, nomeadamente pela Pintura pela escrita e pela e Fotografia.

Sendo um autodidata nas artes a que se dedica, começou a pintar em 2002 sendo um apaixonado por Jackson Pollock, Willem de Kooning, e Wassily Kandinsky que são também de alguma forma suas inspirações em alguns dos seus trabalhos.
Sempre fotografou a nível familiar apenas, mas desde 2009 começou a fazê-lo de um modo mais permanente e mais profissional em termos técnicos, apesar de se considerar um amador.
Já realizou e participou em exposições de pintura e fotografia na Maia, Porto, Mogadouro, Coimbra e Lisboa, tendo chegado ao Furadouro pela mão do Bar "Paralelo38".
É um "Jazzista" convicto que adora ouvir enquanto pinta e escreve, muitas vezes também enquanto fotografa.
É na sua família que procura inspiração e tranquilidade para as suas pinturas e para os seus poemas, tendo como objectivos o lançamento de um livro de poemas e fotografia, bem como de um livro de ficção em que tem trabalhado.

1 Comentários:

Blogger Manuela Curado disse...

É um Cavalinho Selvagem e um verdadeiro artista!

Conheci-o através da sua escrita, romântica e voluptuosa.
Espanta-me, ainda hoje,com a sua versatilidade em outros campos das artes.

Estou muito vaidosa por ti.

Que a sorte que tanto mereces te acompanhe!

7:32 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger

-->

Referer.org