<

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

ALDEIAS DE PORTUGAL


ESTRANHAMENTE DELICIOSO
O quarto está gelado, mesmo cá longe, nos trópicos, e recordo-me de ti. A nossa casinha, história refletida da nossa vida, pedras que se acumulam no nosso amor, dias contados por raios de luz que a nossa vida agradeceu. A distância magoa, é verdade, mas é estranhamente delicioso sentir o poder desta lusitana saudade que me abraça no silêncio deste quarto gelado, envolto em altas temperaturas que não me aquecem. Como poderá ser deliciosa uma dor, interrogo eu o coração... e, como que em pulsações ensurdecedoras, sinto o que ele sente, que sentir dor é a mais pura forma de amar, pois se dói é porque existe de verdade. Lembro uma vez mais a nossa casinha humilde, as pedras que a fazem parecer um castelo, e recordo os tempos difíceis da construção do nosso lar, a espinha dobrada, as mãos rugosas e calejadas, o tempo que demorava a passar. Lembro o primeiro dia e o sorriso do nosso amor e sonho, sonho muito, de olhos abertos, sonho em regressar, em te abraçar, deixar os meus olhoso dispararem balas de sentimento sobre os teus e, gritar-te em silêncio que o que sinto não dói, quando te vejo. Aqui, cá longe, dói, dói muito, mas é estranhamente delicioso.

Foto: Abílio Cardoso Bandeira
Aldeia: Esporão - Góis - Coimbra
Texto: Esporão - Góis - Coimbra

Etiquetas:

5 Comentários:

Blogger Manuela Curado disse...

LUSITANA SAUDADE

9:23 da tarde  
Blogger JottaElle disse...

Olá Nela! Beijinho e...saudades!!!

10:41 da tarde  
Anonymous José Marques Valente disse...

Continuo a seguir, com toda a atenção, o CAVALO SELVAGEM e, recorrentemente felicito o sr José Leitão pelas suas belas imagens e a Sra Dª Manuela Curado pelas suas pesquisas e ideias. Eu cá continuo a ler e a escrever sobre Gente Simples e vou inscrevendo regularmente as minhas histórias, mantendo a velha ortografia e respeitando ao máximo os velhos valores que nos ajudaram a crescer. Com votos de muita saúde e vontade ara continuarem deste amigo que estará convosco, naturalmente.

4:03 da manhã  
Blogger José M Valente disse...

Continuo a seguir, com toda a atenção, o CAVALO SELVAGEM e, recorrentemente felicito o sr José Leitão pelas suas belas imagens e a Sra Dª Manuela Curado pelas suas pesquisas e ideias. Eu cá continuo a ler e a escrever sobre Gente Simples e vou inscrevendo regularmente as minhas histórias, mantendo a velha ortografia e respeitando ao máximo os velhos valores que nos ajudaram a crescer. Com votos de muita saúde e vontade ara continuarem deste amigo que estará convosco, naturalmente.
José M Valente

4:04 da manhã  
Blogger Titá disse...

Gostei do texto! (Não percebi o autor...tem?)

6:16 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger

-->

Referer.org