<

terça-feira, 31 de março de 2009

Abaixo a fotografia, as novas máquinas,.......

O gosto das pessoas não conta nada, é só MEGAS em resolução.

Abaixo a fotografia, as novas máquinas, e quem gosta de fotografia, é só vigarices.
O gosto das pessoas não conta nada, é só MEGAS em resolução.
Vou arrumar as botas, estou farto disto tudo.
Vejam as fotos ( como é que é possivel uma foto a preto e branco,e outra a cores ,está tudo doido).
Um Abraço.
Até ao meu regresso?
Vou-me deitar no assunto, para vêr o que vai dár.
TONITO.

Etiquetas:

No SAMAMBAIA anos 80

Esta foto que foi tirada, no final de uma visita á Fábrica da Cerveja.
Infelizmente, alguns já não estão entre nós.......
Em cima da esq.para a dta:
Tozé,????,Tátá,Paulo Gaspar, Chico Cortez-Vaz, ???? (médico psiq. Lorvão),Henrique Rafael,????, Casimiro, irmão Sapatilha da R.Moçambique,Paulo Pinto e Prof.Daniel.
Em baixo:
Miudo???,Gomes,Texas,Jorge Marta,???, Cardoso(Guiné),miudo???, Pedro Dias, Joãozito Felicio e Florindo "fotografo".

Paulo Gaspar

Etiquetas: ,

E AGORA?

Estás na escola e não aprendes nada?
O governo dá novas oportunidades!

És viciado e não gostas de trabalhar?
O governo dá rendimento social de inserção (que raio de nome, gostava mais quando era rendimento mínimo garantido)!

AGORA...
Experimenta estudar, trabalhar, produzir e andar na linha para ver o que é que te acontece!!!!!

O GOVERNO OFERECE-TE UMA BOLSA DE IMPOSTOS E RESPONSABILIDADES NUNCA VISTA EM LUGAR ALGUM DO MUNDO!!!!!
De Lena Parreiral

Etiquetas:

Do Chico Gomes da Madeira

Caros Adms
Só para vos chamar a atenção que ultimamente têm aparecido varios comentários assinados por mim
O unico comentário que fiz,e desde há bastante tempo, foi num post da Mariazinha da Silveira sobre o Xiveve em Moçambique
Todos os outros não me pertencem
Tb fiquei admirado,não aborrecido,por a minha palavra passe ter sido apagada ou alterada não me permitindo fazer este "esclarecimento" publicamente
Embora tenha a certeza que será dificil algum dia ir a um " Encontro de Gerações",tb tenho a certeza que venho e continuarei a vir aqui todos os dias ... apenas porque gosto
... nunca tive,tanto por hábito como por educação, necessidade de me esconder
CHICO

Etiquetas:

40 ANOS DEPOIS - 17 DE ABRIL DE 69

O tempo é uma respiração da memória. Mas há uma subtil alegria, quando nos sentimos parte de uma memória colectiva que simultaneamente nos acolhe e transcende.

É em redor de uma dessas memórias que vamos confraternizar. Sem quebrar a nossa irredutível singularidade, soubemos projectar-nos em conjunto num horizonte de esperança. E é isso que está escrito no livro da memória.
No próximo dia 17 de Abril, sexta-feira, em Coimbra, a partir das 19 horas, nos Jardins da AAC, por iniciativa da respectiva Direcção Geral, vamos comemorar o regresso ao futuro sem saudade.
Vamos comemorar o 17 de Abril, em confraternização com os actuais estudantes, que nos deram a imensa honra de ligar as comemorações do 17 de Abril de 1969 com o 25 de Abril de 1974. Não é fácil estar à altura de um simbolismo tão amplo.
Não sintamos, contudo, o peso de imaginárias glórias. Fomos apenas homens comuns que se juntaram e se ergueram, tendo podido, por isso, ficar de pé frente ao destino. É assim que nesta memória queremos homenagear muitas outras, sejam elas largas avenidas da história, sejam pequenas memórias da resistência e da esperança pelas quais, na teimosia de um dia a dia penoso, muitos teceram a possibilidade de um futuro.

Vale a pena inscrevermo-nos nessa confraternização dos 40 anos da crise de 1969. De facto, hoje, é já possível compreender com clareza que a presença de cada um de nós é verdadeiramente indispensável.
Dado que haverá jantar (custará cerca de 10 Euros, por pessoa) e animação, é preciso saber-se atempadamente quantos seremos. Por isso, tens que te inscrever, desde já, indicando claramente o número de pessoas a que corresponde cada inscrição, a qual terá que ser feita o mais tardar até 14 de Abril, por e-mail, para o seguinte endereço

17abril@academica.pt

Coimbra 26 de Março de 2009
Com um abraço amigo
Décio Sousa, Estela Castilho, Fernanda Campos, José Dias, Manuela Lacerda, Rui Namorado
Rui Pato

Etiquetas:

SUCEDEU NO IC1....

Embati num carro em alta velocidade quando tentava atravessar a estrada.
Estive mais de um dia inconsciente.
Soube mais tarde, que sobrevivi graças à prontidão com que o dono do carro, logo depois do choque, imobilizou a viatura, saiu, correu para mim, auxiliou-me e tudo fez com inusitado carinho e dedicação, para que me fossem prestados os primeiros socorros.

Durante todo o tempo em que estive inconsciente, foram-me tratados os ferimentos, fui alimentado a soro, os ténues sinais de vida foram monitorizados passo a passo...
Já livre de perigo, embora ainda adormecido pelos fármacos que me injectaram, o dono do carro levou-me para sua casa, alimentou-me, tratou-me com o maior desvelo.
Isto foi o que me contaram mais tarde.
Mas não foi nada disso que eu pensei, quando finalmente recobrei os sentidos.
Ainda meio atarantado, ao ver-me rodeado de grades, engaiolado, com um prato com comida e um copo com água, a primeira reacção que tive foi:
- Estou preso! Devo ter morto o gajo do carro! Condenaram-me!
Autor: Pardal do Campo

Rui Felício
31-03-2009

Etiquetas:

2OO metros - CORRIDA

É engraçado pensar que todos estão a dormir e eu a escrever livremente como cavalo selvagem correndo pela pradaria... sem pontos, sem virgulas...
São quase três horas da manhã.
Os meus olhos não querem fechar e então... para aqui estamos brincando com os dedos e com as letras, num jogo de "corre-corre", engraçadíssimo.
Curioso ... como de noite, este ruído cadenciado até soa a uma bela sinfonia e as mãos ondulam pelas teclas num louco bailar.
Pensarão que estou louca... mas não ...estou divertida escrevendo coisas sem nexo.
Não quero pensar.
As letras atropelam -se, mas eu as corrigirei.
AGORA, QUERO CONTINUAR NESTA CORRIDA INSANA.
Estava triste... apreensiva... mas ela contornou os obstáculos e pôs- me de novo a sonhar.
Como sempre, penso em vós com a convicção profunda que para o bem e para o mal, muitos de nós estamos inevitavelmente unidos.
Louca corrida de 2OO m ...numa longa noite de Março.
CHEGUEI À META ... e estou pronta para me deitar.

Agora que acabei é que estou a pensar .Olha para o que me deu.... Só por sermos amigos é que confidencio esta minha loucura . Foi bom ... muito bom.
A adrenalina passou e a tranquilidade voltou.
Pronto e agora acabei de corrigir o que estava atabalhoado.
Adeus!..
O João Pestana espera-me. para me embalar nos seus braços.
Até amanhã...
Beijinhos.
Nela Curado

Etiquetas:

LICEU INFANTA D. MARIA

90 anos como Instituição, 60 neste edifício.
A Festa da INFANTA ! - Infantas ou Ex-Infantas:

Como provavelmente já tiveram conhecimento o Liceu Infanta D. Maria está este ano a comemorar os 90 anos como Escola e os 60 anos no edifício actual.

No dia 6 de Junho propomo-nos realizar uma festa com antigos e actuais professores e alunos e assim criámos um blogue o

infantastico.blogspot.com

Consultem o blogue, inscrevam-se na festa e divulguem-na aos vossos amigos e colegas que frequentaram a Escola ou que tenham amigos que frequentaram a Escola!

Ao blogue e à escola.
Profundas remodelações se aproximam, no edifício, mas não mudarão a ESCOLA. Porque ela é, afinal, aquilo que foi, é e será para todos nós que nela nos preparámos para aquilo que hoje somos.
Por isso pensámos em como seria bom um encontro.
Várias gerações de alunas (do velhinho Liceu Feminino) e alunos de todas as épocas e idades. Alguns com os filhos e netos que por cá andaram e andam.
Todos com a alegria de se rever, nesta casa.
Todos à Escola no dia 6 de Junho próximo.
Esperamos pela vossa vontade, contamos com ela. Para a juntar à nossa. Para fazer uma grande festa.
Respondam-nos: por mensagens para o Blogue ou para o e-mail, por carta, por telefone...
Mandem contactos para podermos organizar tudo de forma a que seja um dia inesquecível, INFANTAstico...
Pelo grupo organizador
Maria da Conceição Pupo (professora)
Ana Paula Gaudêncio (Associação de Pais)

Etiquetas:

O Falâncio



Etiquetas:

segunda-feira, 30 de março de 2009

ALCIDES GARCIA - FAZ 89 ANOS




ALCIDES GARCIA
30 de MARÇO
1920



89 Anos.
O Blog do Cavalinho Selvagem,
deseja-lhe muitos parabéns,
muitas felicidades
e muitos anos de vida.

Etiquetas: ,

JOÃO CARLOS GASPAR - Faz 51 Anos

Create your own Fake Magazine Covers !

JOÃO CARLOS FERREIRA GASPAR
30 de MARÇO
1958


51 Anos.
O Blog do Cavalinho Selvagem,
deseja-lhe muitos parabéns,
muitas felicidades
e muitos anos de vida.

Etiquetas: ,

O BALDE

Um velho fazendeiro tinha um bonito lago na sua enorme fazenda no Rovuma.
Depois de muito tempo sem ir ao local, decidiu dar uma olhada geral pela fazenda para ver se estava tudo em ordem.
Pegou num balde para aproveitar o passeio e no caminho trazer umas frutas.
Ao aproximar-se do lago, escutou vozes femininas, animadas, divertindo-se.
Chegando mais perto, avistou um grupo de jovens raparigas banhando-se, completamente nuas.
Ele foi-se aproximando e, com isso, todas fugiram para a parte mais funda do lago, mantendo somente a cabeça fora d'água.
Uma das mulheres gritou:
-Não sairemos enquanto o senhor não for para bem longe!
O velho respondeu:
-Eu não vim até aqui para as ver a nadar ou a sairem nuas do lago!
Levantando o balde, ele disse:
-Eu só vim dar comida ao crocodilo...

(Idade, experiência e esperteza, sempre triunfarão sobre a juventude e
o entusiasmo.)
Mariazinha da Silveira

Etiquetas:

Revista MORON

A Prestigiada Revista MORON
sempre à socapa de novos Talentos,
enviou-nos um exemplar para publicação no nosso Blog.
Dizia a mensagem que recebemos que após análise a alguns
comentários publicados descobriu um Talentoso
que nos visita e
tentou formar um perfil e um retrato robot.

Etiquetas:

INGRATIDÃO RODOVIÁRIA


O amigo Rui Felício, com aquele seu jeito para contar algumas peripécias que se passaram com ele, deu-nos a conhecer algumas aventuras de trânsito nos textos “Criancices” e “Discussões no Trânsito”…

Ao ler estes textos lembrei-me de vos contar uma peripécia, que não foi passada comigo mas com um amigo, há qual achei graça:
Como afirmei tenho um amigo meu , alta patente militar na reserva, que é um homem muito correcto e educado, e com quem há muitos anos tenho um bom relacionamento. Escuso-me a dizer o seu nome, uma vez que há muito partiu para a Beira Alta, e não tendo o seu contacto não me sinto no direito de invocar aqui o seu nome.

E a simples história é esta:
Em determinado dia, indo este nosso militar a guiar o seu modesto “Renault 5” já com alguns anos de uso na auto - estrada do Norte, vê na sua frente um potente “Volvo”, último modelo, topo de gama, e no banco traseiro três crianças que entre si “bulhavam” alegremente...

Apesar de ser muito distraído, o “nosso” militar descobre que uma das portas traseiras do “Volvo” vai mal fechada e pressentindo o perigo que as crianças podiam correr, resolve acelerar o frágil “Renault” na intenção de ultrapassar o “Volvo” e dar a conhecer ao condutor o perigo latente…

Com a carroçaria toda a gemer em esforço, o nosso homem consegue a proeza de se colocar lado a lado com o potente “Volvo”, onde um condutor de meia idade e um ar bem instalado na vida, guia a bela máquina numa postura imperial, como se fosse dono do Mundo…

Com o “coração nas mãos” a alta patente abre então o vidro do carro, e de cabelos a esvoaçar e esganiçada voz com que tenta contrariar o sibilar do vento por efeito da deslocação de ar, aponta para a traseira do “carrão” e grita: A PORTA ABERTA !!!!!!!!!!!!!

Do outro lado, na sua postura majestática, com as bochechas rosadas de soberba, o outro responde-lhe de mau humor enquanto tira o charuto da boca: VÁ VOCÊ !!!!!!!!!!

Quito

Etiquetas:

Este rapaz é um talêntito, carago ...


Pintura à mão por Pinto da Costa

LISA DOBY ao CAVALINHO SELVAGEM!

Mensagem da cantôra americana LISA DOBY ao CAVALINHO SELVAGEM!

Depois do seu enorme sucesso no concerto de sexta-feira aqui em Colmar, onde veio apresentar em ante-estreia o seu 6° e ultimo trabalho "WHO
WE ARE", a cantôra americana LISA DOBY envia esta mensagem a todos os cavalinho(a)s e manifesta um enorme interesse em voltar a Portugal (pais que adora e onde gostava de viver)e, muito especialmente actuar pela primeira vez na nossa bela cidade de COIMBRA!!!

E se o CAVALINHO SELVAGEM organizasse esse concerto no Teatro Gil Vicente?
Seria uma excelente ideia associarmos este evento ao almoço da Sardinhada!
Datas disponiveis: 10 a 15 de Junho.


Bobbyzé

Etiquetas: ,

FAEX URBIS, LEX ORBIS

João Matias, oriundo de uma família da alta burguesia, dominava a técnica jurídica como poucos. Quando terminou o curso de Direito com alta classificação, foi de imediato convidado para integrar o Gabinete de Estudos do partido que sustentava o governo daquele País. Ainda nos tempos de estudante, filiara-se na organização de juventude desse partido. Participara em todas as actividades de propaganda, marcando sempre presença em comícios, manifestações, jantares de apoio ao líder e distinguindo-se pela sua militância e pelas suas verve e oratória, com que tecia loas aos barões e senadores do seu partido, enquanto achasse que estes estavam colocados em lugares de decisão.
Desde os tempos de escola e depois na faculdade, João Matias repartia o seu tempo entre a actividade partidária e uma férrea dedicação aos estudos. Não lhe sobrou tempo nem para namorar, nem para se divertir com os outros jovens, nem para conhecer a dureza da vida dos trabalhadores, nem a dos pequenos empresários, muito menos a dos desvalidos da sorte...
Seu pai ensinara-o, e ele aprendera bem a lição, que, a quem dirige os destinos da sociedade, cabe a glória e a obrigação de perpetuar a sua estabilidade. Estudando e trabalhando afincadamente para manter a organização que regule e discipline os comportamentos do povo iletrado e incapaz, impedindo a anarquia que subverta a ordem e a paz...

O ministro da Economia mandou-o chamar, fê-lo sentar-se e confidenciou-lhe:
Conheço bem as suas aptidões jurídicas. Como sabemos, todas as leis terão que ser obrigatoriamente genéricas, não podendo conter disposições que possam ser entendidas como destinadas a legalizar qualquer inconfessada intenção de favorecer objectivamente esta ou aquela empresa, este ou aquele projecto.
Em contrapartida, há que acautelar o perigo de a excessiva generalização legalista poder abrir portas a uma chusma de oportunistas que das leis queiram tirar proveito, em prejuízo da rendibilidade das verdadeiras empresas e projectos a que efectivamente queremos que se destinem.
Ora, é este difícil equilíbrio que só juristas muito competentes são capazes de obter na redacção das leis.

O ministro, enfunado na sua superioridade, estendeu-lhe um volumoso dossier, dizendo-lhe que nele tudo estava contido para que ele percebesse o real objectivo da lei que se pretendia elaborar.

E prosseguiu:

Resumidamente o caso é este: Precisamos de fazer um Decreto-Lei que conceda atractivos incentivos fiscais e vultosos subsídios governamentais a empresas que se venham a constituir para implementarem projectos para exploração hoteleira, de classe alta, destinados a atrair turistas estrangeiros. Mas atenção, é preciso que essa lei estabeleça os incentivos apenas às empresas que realizem os seus projectos em zonas costeiras, com acesso restrito ao mar, com baixa densidade populacional, com cotas altimétricas situadas entre os 20 e os 30 metros, livres de arborização mediterrânica, excepto das rasteiras e onde a fauna se restrinja a aves pernaltas.

Esclareceu:
No nosso País só existe uma zona com estas características. Situa-se a 100 Kms a sul da nossa capital e já é propriedade do Sr. Comendador Albino Metelo a quem este governo muitos favores deve.
Como compreende, as condicionantes têm de ser pasmadas na lei de uma forma genérica, segundo os princípios gerais de Direito, e sustentadas por razões plausíveis e inquestionáveis que impeçam as possíveis investidas da oposição.

Passado um mês, o Dr. João Matias entregava o seu trabalho.
O Decreto-Lei foi muito apreciado pelo ministro, que lhe deu um grande elogio. Salvo pequenas correcções entrou em vigor pouco tempo depois.
O Comendador Albino Metelo, que tinha comprado a preços irrisórios, uma extensa área de terreno rústico a uma infinidade de pequenos agricultores quase falidos, já vendeu a peso de ouro o seu terreno a uma empresa sueca que, aliciada pelos enormes incentivos financeiros governamentais decorrentes da lei, ali vai desenvolver um grande projecto hoteleiro.

Rui Felício
30-03-2009

Etiquetas:

A caloirada de 1965

Etiquetas:

Cha Dançante em 1967

Vai-se realizar o almoço comemorativo do "3ºAniversário da Associação dos Antigos Alunos, Professores e Funcionários do Liceu D. João III/ Escola Secundária José Falcão".

Dos cavalinhos, que conste, apenas estão inscritos o Pombalinho , o Zeca Ferrão e agora o Vasco
Muito pouco para os afectos de Coimbra. Só um cavalinho de Combra inscrito ou estarei enganada?
Liceu D.João III
Foto tirada nos corredores desta instituição.
"Chá Dançante da Queima das Fitas, 1967"
Nela Curado

Etiquetas: ,

Um Profeta de ARGANIL

NOTICIA TRISTE - Zaida Chieira

Faleceu uma antiga residente do Bairro, a ,Zaida Chieira irmã do Lino e do Celso Chieira, filha do Sr. Chieira da ourivesaria. Esposa do Engº Pêgo e que, em tempos, morou por cima do Samambaia.
Foi ontem o seu funeral e no qual muitos "cavalinhos" estiveram presentes . Durante o dia, vários outros tinham trocado telefonemas, pois tinham ouvido falar no seu falecimento e queriam confirmar esta triste notícia.

Etiquetas:

Gaivotas !!!


Primavera !!! (III)

José Leitao
NYC

Primavera !!! (II)


Primavera !!! (I)




Primavera !!!




Jose Leitão
NYC

Viva a vida !!!

Viva a vida...

Havia um cego sentado na calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira que, escrito com giz brando, dizia:

- "Por favor, ajude-me, sou cego"

Um publicitário parou e viu umas poucas moedas no boné.
Sem pedir licença, pegou o cartaz e o giz, escreveu um outro anúncio e foi embora.
Mais tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego. Agora seu boné estava cheio de moedas.
O cego reconheceu as pegadas e lhe perguntou se havia sido ele quem reescreveu seu cartaz, querendo saber o que havia escrito ali.
O publicitário disse:

- Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras!

Sorriu e continuou seu caminho.
O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:

- "HOJE É PRIMAVERA EM PARIS E EU NÃO POSSO VÊ-LA"

"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos."

...é o que tento fazer enquanto andar por por cá!!!


José Leitão

ROTA DA SARDINHA - Um pouco de QUIAIOS

Ate pareceria mal, ir-se fazer uma sardinhada a Quiaios e não se saber nada desta terra e das suas gentes. É tambem uma pequena homenagem ao cavalinho CARLOS NOGUEIRA ( Chaves ) , originario e vivendo em Quiaios.

A julgar pelo nome "Quiaios", o povoado é de origem antiquíssima, provavelmente semítica ou fenícia. Este povoado surge mencionado em documentos do século IX e sabe-se que em 1143, D. Afonso Henriques doou-a em couto ao Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra que já possuía parte dele por compra a particulares. Outros documentos referem que, em 1122, a rainha D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, doou ao seu amante, D. Fernando (Fernão) Peres de Trava, o castelo de Santa Eulália, o de Soure e a Vila de Quiaios. Devido às discórdias entre mãe e filho que, inclusivamente resultaram na batalha de S. Mamede, D. Afonso Henriques assume a governação do reino e expulsa de Quiaios o amante de sua mãe.

Graças à árdua tarefa que Paio Guterres desempenhou na independência de Portugal, o rei doou-lhe, em 1134, parte da vila, tendo a outra parte sido doada ao Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. Mais tarde, em Agosto de 1514, no reinado de D. Manuel I, a vila recebe foral que certificava as obrigações e regalias da povoação. O concelho de Quiaios viria a ser abolido em 1836 e aparece como freguesia do concelho de Maiorca. Depois de extinto, Quiaios, passa em Dezembro de 1853 a integrar o concelho da Figueira da Foz.

Segundo a lenda popular, existem duas versões semelhantes e prováveis, quanto à origem do topónimo, "Quiaios". Uma das quais diz que D. Afonso Henriques andando à procura de mouros para os expulsar do país, encontrou sinais destes nesta povoação, chamou então os que o acompanhavam e dizendo bem alto de modo a que todos o ouvissem, inclusive os bárbaros, para que surgissem e os atacasse, gritou: "Aqui Aios" ou "aqui há-os", por junção das duas palavras e com o evoluir da língua ficou Quiaios. No entanto, o estudo da língua indica que Quiaios é uma palavra de origem semítica, pode ser tanto fenício ou cartaginês e a sua evolução primitiva que se supõe ter sido "Qiqayon". Seja como for, Quiaios, é hoje uma freguesia de contrastes, opondo uma imagem de turismo projectada no futuro a uma outra que se relaciona com uma estagnação do natural desenvolvimento de uma freguesia.

A 1 de Janeiro de 1921 nascia o Quiaios Clube, associação que se notabilizou nas modalidades de futebol, ciclismo e atletismo. O teatro foi outra das apostas do clube, que ainda hoje mantém em actividade o Grupo Cénico Quiaios Clube e ainda um grupo musical com o mesmo nome. Já no âmbito da Casa do Povo de Quiaios, nasceu o “Grupo de Majoretes” composto por dezenas de jovens cujas idades e data de criação (1989), fazem deste agrupamento o benjamim das colectividades da freguesia.

Etiquetas: , ,

Mesmo na ROTA da SARDINHA

O programa vai sofrendo alguns ajustes.Peço sugestões de modo a poder melhorá-lo.
Programa:
13h concentração na sede do Quiaios Clube e início das hostilidades com entradas
- polvo ensalsado,pastéis de bacalhau, petinga de escabeche, linguiça de Quiaios assada na brasa, azeitonas... e vinho, mto vinho..e ??????
13.30h Almoço:caldo verde
Sardinha /carapau assados na brasa, acompanhados com batata cozida com a pele, boroa,pão escuro,salada de tomates, pimentos,alface,águas,sumos ee....e muito viiiiiiiiiinho branco e tinto da adega de Silgueiros
Sobremesas:salada de frutas,arroz doce e papas de muado.
Café e digestivo ( bagaço caseiro e brandy )
Depois pausa que poderá ser aproveitada para dar uma volta à Praia de Quiaios.
19h Merenda - sopa gandareza - uma espécie de sopa da pedra e grelhada de secretos de porco preto, pão ,broa, vinho e café.
Depois bailação - música pimba - com o conjunto QC.
Chegam a Quiaios através da A17
Para quem pretender vir na véspera ou ficar para o dia seguinte existe um hotel na Praia de Quiaios.
Peço + 1 vez que enviem sugestões a fim de melhorar o programa das festas.
Para todos 1 ab do Chaves.

Etiquetas: ,

A meu Pai - De Lena Marques

Não posso deixar passar este dia, sem fazer uma pequena homenagem ao meu querido pai.

PAI

Dono da coragem e da força,
virtudes de um verdadeiro homem;
Um homem que sabe compreender os passos da vida

E a maneira certa de ensinar o que é viver.
Que sua coragem e força se tornam cada vez mais imensas
Que a cada amanhecer seus olhos brilhem
E o seu coração siga a direcção da verdade.
Parabéns Pai pelo seu dia
E que a força e coragem permaneçam em seu coração.
Feliz Aniversário Meu Pai!!!

Lena Marques

Etiquetas:

MORTALIDADES... dum Bicho Carpinteiro EPILOGO


No mundo tudo morre, mas nenhuma pessoa morreu - provérbio tibetano.

MORTALIDADES termina. Saber dizer "Adeus", é, afinal, uma tarefa simultaneamente necessária e exigente que se impõe a todos nós.
Alguém disse, que a nossa cultura individual é o que nos fica depois de ter-mos esquecido tudo o que estudámos. Esta fórmula é bruta, mesmo um pouco fácil.. mas há aqui qualquer coisa de verdade.
Tantas imagens, tantos acontecimentos, tanto testemunho aquinhoado. Foi um exercício difícil, expor-me sem ser convidado ou recomendado.
Arrisquei-me com muito agrado. Fi-lo sem estilo com entusiasmo e sem pretensão. Fi-lo sem procurar esconder as minhas dúvidas, os meus erros ou os meus sucessos.
O meu mais sincero reconhecimento a todos os cavalinhos e cavalinhas, que através deste auditório virtual, me permitiram de abrir a arca de cânfora daquele tempo inolvidável, compartilhar e relembrar zonas cheias de sol, mas também, alguns lamentos. Narcisismo... egocentrismo... um pouco de tudo isso.
O nosso passado distanciou-se um pouco mais. É evidente, mas o fim é também parte da nossa história.
Materialmente, tenho que me chegue... só quero, saúde, amor e carinho.
O Cavalinho Selvagem, um fio que nos aperta num mesmo novelo de fraternidade, um apelo ao convívio onde se passam bons bocados.
Um gigantesco abraço ao Velho Apache, aos ADMs e a todos aqueles que me estimam.
O redemoinho da vida continua. Nova época, novas oportunidades, novos objectivos, novos planos... outros textos!
Ciao, malta amiga.
O Bicho Carpinteiro Carlos Falcão
Nascido em Coimbra - Portugal a 28.12.1947. ignorante infinito, sem talento particular. Radicado no sul da França. Frequentou o famoso BMC/BNM.

Etiquetas:

Um DESAFIO

A prova de que um homem não pode fazer duas coisas ao mesmo tempo... rsrsrsr



domingo, 29 de março de 2009

Sardinhada a 13 de JUNHO em QUIAIOS


NOTICIA DE ÚLTIMA HORA
Confirmo a data de 13 de Junho para a rota da sardinha em Quiaios.

ORDEM DE TRABALHOS

Ponto 1: 13h Início das hostilidades
Ponto 2 : 13.30h Almoço
Ponto 3 : 16.30h Descanso para mudar a água às azeitonas ( os homens) e as senhoras ?????
Ponto 4 : 18.30h Merenda
Ponto 5 : 19.30 Baile
Ponto 6 : 21 h - os cavalheiros levam as damas ao bufete
Ponto 7: 21.30h Intervalo para retomar o ponto 3 da OT
Ponto 8 : 24h as damas convidam os cavalheiros para levarem as cabrinhas para casa.
Entretanto darei + pormenores.
1 ab do Chaves

Etiquetas: ,

Tonito Dias

A entrevista que faltava.
Após longos meses de tentativas e muitas recusas pelo artista,
a prestigiada
Revista AMATEUR PHOTOGRAPHER,
conseguiu umas horas à conversa com o Cavalinho Tonito Dias.
Uma capa expressiva como expressivos são os seus trabalhos.
Dentro, muitas histórias, emoções e grandes momentos de Fotografia
a que o nosso companheiro de outras Rotas já nos habituou.
Ao Cavalinho agora prestigiado enviamos um grande abraço

Etiquetas: ,

PEDRO SARMENTO novo ADM do BLOG


PEDRO SARMENTO aceitou ser ADM do Cavalinho Selvagem

O Convite foi feito:
-Por nos parecer sensato
-Por ser de uma geração mais nova
-Por ter boa disponibilidade

-Por ter ja alguma experiência de blogues

-Por querer participar

Desejamos ao Pedro as maiores facilidades e felicidades nesta sua nova incumbência como ADM deste Blogue.
Aguardamos que a sua missão não canibalize o entusiasmo dos nossos vizinhos do Blogue da Rua C, aos quais desejamos os maiores êxitos
Pel'ADM - Alvaro Apache

Etiquetas: ,

1º Post

Domingo 29 de Março de 2009 será sempre um dia importante para mim.
Ter sido convidado entre tão ilustres Cavalinhos/as para participar e contribuir num projecto como o Cavalinho Selvagem é para mim um orgulho e um acto de responsabilidade que aceito com a mesma determinação com que tenho abraçado outros projectos na vida. Ter-vos conhecido (alguns), e reencontrado muitos outros após tantos anos de separação de Coimbra e do BMC foi para mim uma lufada de ar fresco na minha vida. Não porque não tenha outras coisas que me preencham, e muito os meus momentos, mas quem me conhece sabe que tenho algumas paixões fortes e Coimbra é uma delas. Passar a contactar convosco foi como um a re-ligar de um cordão umbilical a uma cidade e a um espaço que me viu crescer, onde sinto que tenho raízes, e mais importante do que tudo isto, onde tenho a certeza aconteceu algo que não é fácil de encontrar nos dias de hoje: AMIZADE,CAMARADAGEM, CUMPLICIDADE .
Cabe-nos a nós com o nosso Blog, com as nossas Rotas, com os nossos Post contribuir para que futuras gerações do BMC e de muitas que nos seguem à distância, acompanhem e fortaleçam este Projecto Enorme que é o Cavalinho Selvagem e o seu espírito.
A todos que me receberam tão bem o meu obrigado, com a promessa de que tudo farei para que não seja apenas mais um "Contribuidor" do Blog, mas sim um entusiasta da vossa amizade.
Abraço a todos
Pedro Sarmento

As Ideias da Isabel Melga


A Isabel com as suas ideias é um verdadeiro Vulcão.
Olhem para ela a desafiar os Cavalinhos todos.
Boa Ideia essa da Capa do 1º de Abril.

Quem será o maior Galguista do cavalo Selvagem?
- desafiar todos os Cavalinhos e cavalinhas a inventarem uma mentira para dia 1 de Abril tão bem forjada, que quem ganhasse iria ter direito à sardinhada de Borla e a uma homenagem fografada no Blog a 1 de Abril. O Júri seria composto pelos administradores do Blog ou como vocês entendessem;
- Propor que cada um de nós trouxesse ao Blog ao fim do dia um acontecimento de rua que vos chamasse a atenção, ou uma notícia da rádio, ou de outro órgão oficial que vos marcasse, ou algo com significado a nível do vosso emprego, enfim uma apreciação do que mais marcou pela positiva ou pela negativa, para assim se meter mais gente a falar e a intervir e a inter agir no Blog alargando e enriquecendo este espaço de intervenção e variar de ritmo e mexer um pouco mais com as pessoas.
Que dizem? Não seria preciso um testamento como faz esta Melga de quando em vez, mas por vezes é inevitável, desculpem-me! Bastava um apontamento resumido e depois os outros pronunciar-se-iam ou não.
Parece-vos interessante?Antecipadamente grata pela vossa apreciação a esta ideia.

Isabel Melga

Etiquetas:

Número Especial da Revista FORTUNA


A Revista FORTUNA, interessada em descobrir a verdadeira razão do sucesso de determinadas pessoas, investigou a fundo, o organizador da “Rota da Lampreia” e chegou à conclusão que grande parte deste sucesso, se deve a esta mulher que com muita discrição, toma conta do barco, para o levar a bom porto!

Aliás, isto mesmo foi publicamente confessado pelo seu companheiro de viagem, com várias expressões como:
“- Sem ela, seguramente tinha-me "espalhado" ao comprido.
- Foi incansável na retaguarda.
- Com a calma, com a serenidade e com a discrição que lhe são peculiares, fez aquilo a que na família estamos habituados: Tomou conta do barco.”
Não sendo colaboradora do blog cavaloselvagem, sabemos, no entanto, que é uma atenta leitora e observadora, não perdendo pitada do que nele se escreve.

Etiquetas: , ,

COIMBRA e os Apagões

Na noite dos Apagões
Um da poupança de energia, outro dos suecos
Mesmo sem Luz, a Universidade é BONITA.
Um Abraço.
TONITO.

Etiquetas: ,

sábado, 28 de março de 2009

Lembram-se dos Inqueritos ?

Quem nunca na sua juventude teve um Caderno de Inqueritos ? Pediam-se aos amigos para os preencher
Eram emoções interessantes e grandes as expectativas.
Agora desafiaram-me a descrever coisas que me caracterizam, no intuito de nos ficarmos todas a conhecer e a dar um pouco mais, então aqui estão elas...

6 coisas com que me preocupo?
Cada vez tento preocupar-me o menos possivel, mas ainda me preocupo com:
- Encontrar o meu equilibrio e com ele a minha paz interior
- Equilibrar a minha vida financeira
- Em tentar aceitar cada um como é e não criticar nada nem ninguém porque cada um tem o direito de viver a sua vida como quer
- Fazer apenas o que gosto ou aprender a gostar de tudo o que faço
- O que o ser humano está a fazer a este planeta
- A falta de respeito que o ser humano tem para com todos os outro seres vivos incuindo ele próprio

6 coisas com que não me preocupo?
- Com modas
- Com este quilinhos a mais que tiram a beleza fisica mas que não fazem mal à saude
- Com o aspecto fisico das pessoas
- De ficar em casa sem fazer nada
- Com as cusquices da vida de quem não conheço
- Nem sei...

6 coisas de que eu gosto?
- A vida
- Do meu amor
- Dos meus amigos fisicos, não fisicos e virtuais
- Da minha familia
- Dos meus animais
- De passear

6 coisas que eu não gosto?
- Não ter mais dinheiro
- Não estar em paz comigo mesma
- Mentiras
- Trabalhar exaustivamente por falta de recursos humanos e materiais
- Ver o quanto o ser humano se maltrata a ele próprio e a todos os outros seres vivos
- Cusquices maldosas

6 coisas que me fazem sorrir?

- As traquinices dos meus animais
- Os amigos
- A familia
- Passear
- Comer doces
- Admirar a beleza da natureza

6 coisas que me definem?

Esta é complicada...
- Ser amiga do meu amigo
- Ser gulosa
- Gostar de trabalhar num ambiente amigável e se possivel com algum humor
- Ser demasiado sensivel mas mostrar que sou muito forte
- Ser protectora daqueles que gosto e considero serem injustiçados
- Ainda não ter conseguido deixar de ser revolucionaria
Mariazinha

Etiquetas:

a mulher do VISCONDE F.....

Adoecendo a mulher do VISCONDE F... de uma inflamação do estômago, foi visitada pelo BARÃO M... em ocasião que lá se achava o médico que a tratava.
- Minha senhora, pergunta o barão, ainda está com a sua inflamação muito inflamada?
- Inflamação inflamada é um pleonasmo, diz o médico.
No dia seguinte nova visita do aristocrata, que tirando as luvas e limpando o suor, diz para a viscondessa com a maior compostura:
- Então, V. Exª já vai melhor do seu pleonasmo?
Nela Curado

Etiquetas:

E Jesus pediu a reforma antecipada ...

Não podia deixar de reenviar esta excelente peça em eduquês.
Naquele tempo, Jesus subiu ao monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem. Depois, tomando a palavra, ensinou-os dizendo:
Em verdade vos digo, bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles...

Pedro interrompeu:
- Temos que aprender isso de cor?
André disse:
- Temos que copiá-lo para o caderno?
Tiago perguntou:
- Vamos ter teste sobre isso?
Filipe lamentou-se:
- Não trouxe o papiro-diário.
Bartolomeu quis saber:
- Temos de tirar apontamentos?
João levantou a mão:
- Posso ir à casa de banho?
Judas exclamou:
- Para que é que serve isto tudo?
Tomé inquietou-se:
- Há fórmulas? vamos resolver problemas?
Tadeu reclamou:
- Mas porque é que não nos dás a sebenta e... pronto!?
Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada... ninguém entendeu nada!

Um dos fariseus presentes, que nunca tinha estado diante de uma multidão nem ensinado nada, tomou a palavra e dirigiu-se a Ele, dizendo:

Onde está a tua planificação?
Qual é a nomenclatura do teu plano de aula nesta intervenção didáctica mediatizada?
E a avaliação diagnóstica?
E a avaliação institucional?
Quais são as tuas expectativas de sucesso?
Tens para a abordagem da área em forma globalizada, de modo a permitir o acesso à significação dos contextos, tendo em conta a bipolaridade da transmissão?
Quais são as tuas estratégias conducentes à recuperação dos conhecimentos prévios?
Respondem estes aos interesses e necessidades do grupo de modo a assegurar a significatividade do processo de ensino-aprendizagem?
Incluíste actividades integradoras com fundamento epistemológico produtivo?
E os espaços alternativos das problemáticas curriculares gerais?
Propiciaste espaços de encontro para a coordenação de acções transversais e longitudinais que fomentem os vínculos operativos e cooperativos das áreas concomitantes?
Quais são os conteúdos conceptuais, processuais e atitudinais que respondem aos fundamentos lógico, praxeológico e metodológico constituídos pelos núcleos generativos disciplinares, transdisciplinares, interdisciplinares e metadisciplinares?

Caifás, o pior de todos, disse a Jesus:
- Quero ver as avaliações do primeiro, segundo e terceiro períodos e reservo-me o direito de, no final, aumentar as notas dos teus discípulos, para que ao Rei não lhe falhem as previsões de um ensino de qualidade e não se lhe estraguem as estatísticas do sucesso. Serás notificado em devido tempo pela via mais adequada. E vê lá se reprovas alguém! Lembra-te que ainda não és titular e não há quadros de nomeação definitiva.

... E Jesus pediu a reforma antecipada aos trinta e três anos...
De F.Gaspar e Rafael

Etiquetas:

O que me vai intrigando

Se calhar sou eu que sou burra, mas há coisas que não consigo perceber. Durante muitos anos, politicamente, revi-me na esquerda (é, estou a falar de política). Depois, eu, que até me considerava de esquerda, comecei a desconfiar quando uma certa esquerda moderna começou a achar que os polícias eram uns malfeitores que deviam andar desarmados na rua, não fossem eles balear simpáticos criminosos que andam a fazer pela vida.

Revia-me também no ódio que a esquerda devotava aos Estados Unidos, que invadem tudo e todos em nome de interesses nacionais injustificáveis. E pensava: “Estes gajos têm razão. Não percebo muito bem aquilo da polícia, mas em relação aos Estados Unidos não podiam estar mais certos”. Dei-lhes o benefício da dúvida. Mas, entretanto, começaram uns mascarados a matar gente anónima, a incendiar igrejas e embaixadas e a ameaçar o meu Ocidente de morte. E comecei a ver a esquerda europeia a dizer compreendê-los.

De maneira que a esquerda de hoje me coloca dúvidas metódicas. Precisava que me explicassem por que é que a esquerda coeva simpatiza com gente que mata em nome de uma religião se, tal como eu, essa esquerda sempre se disse agnóstica ou ateia; precisava de saber por que é que a esquerda apoia regimes muçulmanos que não destrinçam entre Estado e Religião, se foi a própria esquerda a defender em primeiro lugar que essas coisas têm que ser separadas; precisava de saber por que é que a esquerda sempre esteve na vanguarda da defesa da igualdade e agora defende os regimes islâmicos onde a igualdade é letra morta (e que o digam as mulheres); precisava, ainda, de saber por que é que a esquerda insiste em simpatizar com gente que simpatiza com Hitler. Se alguém me quiser esclarecer estas dúvidas, eu agradeço, que já matuto nisto há largo tempo sem conseguir chegar a conclusões. Não vale é dizerem-me que é só para combater o capitalismo americano, que esse também sempre o tentei combater e não é por isso que alinho no desvairo islâmico.

Nunca fui cliente de qualquer tipo de sistema e, por isso, sempre antipatizei com os imperialistas norte-americanos e com a Europa mais próxima dessa gente. Mas uma coisa eu sei: na Europa de raiz judaico-cristã sempre pude ser do contra, sempre pude dizer mal do catolicismo, sempre pude desenhar caricaturas (isto não é verdade, mas só porque não sei desenhar), sempre pude citar autores do século XIV ou de outro século qualquer sem que me ameaçassem de morte. Quando muito, podiam dizer que seria excomungada, que isso me permitiria na mesma ter uma vida perfeitamente normal. Apesar desta liberdade - ou talvez por ela - eu e a esquerda éramos aliados contra o papal ultramontanismo. A cultura europeia é a cultura da liberdade. As teorias de esquerda são produto europeu (ainda alguém se lembra de Marx?). E, se esse produto europeu se virou contra a sua própria cultura, então nada mais resta. Por causa dos maometanos e da esquerda ressabiada que os defende, qualquer dia um ateu começa a dar vivas ao Papa e a querer retomar as Cruzadas.

P.S.: Eu sei que o texto é grande e que os ADMs não apreciam mas, devido a compromissos profissionais que me relegaram para um local tão longínquo que até a Internet tem dificuldades em lá chegar, é natural que me exceda.
Mariazinha

Etiquetas:

COIMBRA e o número dous

Retirado do ALMANACH de 1861 - 2 de Julho
Coimbra tem :
-dous bairros, alto e baixo;
-duas pontes no Mondego, uma sobre outra
- duas estradas novas, de Lisboa e Porto;
- duas feiras, a de Santa Clara e a dos Estudantes;
- duas Sés, Nova e Velha;
- aquela tem dous orgãos e duas torres; cada torre tem duas vezes dous sinos;
- duas ruas chamadas Couraça, de Lisboa e dos Apóstolos;
- duas câmaras, municipal e eclesiástica;
- dous periódicos políticos e dous literários;
- duas praças, de Samsão e de S. Bartholomeu;
- na igreja de Santa Cruz estão sepultados dous Reis. D. Affonso Henriques e D. Sancho;
- nos arrabaldes da cidade há dous sítios aprasíveis chamados Penedos, da Saudade e da Meditação;
- o estabelecimento Restaurante tem dous bilhares, dous marcadores, dous restos ou rebecas; a sala de bilhares é dividida por duas vezes duas columnas; além disso tem duas entradas, uma pela Feira, outra pelo largo de S. João:
- A Universidade tem duas portas de entrada a de Minerva e Ferrea:
- a torre tem duas vezes dous mostradores de relógio;
- os dous nomes dos dous lentes dos dous primeiros annos da Faculdade de Matethemática tem por iniciais dous rr. No corpo cathedrático ha dous lentes chamados Leões
Nela Curado

Etiquetas:

NO CENTRO do BNM

ACADEMIA

Etiquetas:

O 24 de Março


Que bonita, digo-o com confessada nostalgia, a lembrança deste emblema-símbolo. A ele associo sempre o despertar estruturado da minha consciência política. Ficou-me para o resto da minha vida, como simbolo da vontade de mudar na esperança que a ditadura não seria, por não poder ser, eterna. Talvez, por isso, nunca sofreu de velhice na minha memória. Não troquei, nem troco, o seu brilho de traço singelo por uma qualquer t-shirt neo-market que lhe queira competir em projecção dos meus ideais de juventude, aquela em que aprendi a lutar.

Mas confirmando que não há bela sem senão, este emblema lembra-me um dos seus usos vis. Em 1964 (ou 65?), uma manifestação estudantil de que fazia partia subia a Rua do Carmo gritando pela libertação de estudantes presos pela PIDE. Seríamos umas três centenas, a concentração tinha tido lugar no Rossio e dirigia-se (quem se terá lembrado de tão temerário destino?) rumo ao Chiado para entregar a expressão da nossa exigência aos donos da PIDE na António Maria Cardoso. Reparei então que frente a uma papelaria no começo da Rua do Carmo um grupo de maduros corpulentos se riam e ostentavam nas lapelas dos casacos chapinhas metalizadas dos emblemas do “Dia do Estudante” (aqui reproduzido). Vi ali um mau augúrio que demorou escassos minutos a vê-lo transformar-se em brutalidade chã. Á uma, os pides-provocadores sacaram das matracas guardadas nos sovacos e desataram à bordoada, dispersando-nos pelas escadas do sopé do Elevador de Santa Justa, procurando atinguir sobretudo as raparigas e dedicando-se a arrastar pelos cabelos aquelas que iam caindo ao chão. Como estava combinado, aquele grupinho de torcionários contava com a presença próxima, que logo se fez sentir, dos polícias de choque que já tinham cercado e isolado a zona, fazendo depois a limpeza final. E a manifestação morreu ali.

Ao fim e ao cabo, ambas as lembranças, a da força simbólica maior da luta estudantil contra a ditadura que me marcou o rumo político e a imagem persistente da sua presença obscena nas lapelas dos pides-provocadores da Rua do Carmo, unem-se na minha memória o suficiente para a tornar inesquecível.
João Tunes
in Caminhos da Memoria

Outras Flôres....



Tonito Dias

Etiquetas: ,

Sugestão do Canada

Bonjour administrateur, desculpe, nao sei quem é, o Alvaro ou outro. Parabens pelo trabalho titanesque.
Posso lhe fazer uma sugestao? Proposar aos cavalinhos o link do show que o meu compatriota Leonard Cohen presentou em Londres no verao 2008. Sublissimo. Pessoalmente, gosto imenso, por isso, queria partilhar (é assim?) a poesia e a musica desse génio. Nao tem importancia que o meu nome seja publicado.
O link é o seguinte
Obrigada,
Raymonde Verreault

Etiquetas:

BILL GATES apresenta o BOBBYZE

Bill Gates acaba de apresentar o seu novo braço direito na Microsoft. 

Bill Gates acaba de apresentar o seu novo braço direito na Microsoft. 
José Oliveira foi apresentado via Video Conferência, pelo patrão da Microsoft numa palestra sobre Windows Media Player e os Grupos Musicais dos anos 60. Numa abordagem ao tema Bobbyzé considerou  apresentar na próxima versão do Média Player para o Windows Vista agora que já não há cataratas - versão BMC.09 novidades, prometendo desde já wallpapers dos Scorpions, Peter Gabriel, Frank Zappa  e James Brown entre outros.
Para o novo cargo de tanta responsabilidade, desajamos as maiores felicidades.

Pedro Sarmento

Etiquetas:

Referer.org